Adilson Júnior Ishihara Brito

 

Doutor em História Social pela Universidade de São Paulo (2016); Professor Efetivo de Teoria e Metodologia da História da Universidade Federal do Pará-Campus de Ananindeua; atualmente desenvolve estudos referentes às interconexões políticas, econômicas e sociais nas fronteiras amazônicas, e da inserção dessas no mundo atlântico ibero-americano, com ênfase nas conjunturas políticas de crise do Antigo Regime e das Independências americanas, entre 1750 e 1830.

My current project, entitled "¡Fraternidad, Unión y Libertad!": Nos subterrâneos da revolução na fronteira oeste do Estado do Grão-Pará, 1750-1830, explores the political and social interconnections between Iberian empires during the independence period in Latin America, with special emphasis on the border between the Captaincy/Province of  Rio Negro and the Viceroyalty of New Granada/Captaincy General of Venezuela.

Currículo Lattes

 

 

Publicações online:

Fronteiras da anarquia: os limites entre o Grão Pará e o Brasil durante a independênciain  Limites Fluentes: Fronteiras e Identidades na América Latina (Séculos XVIII-XXI). Curitiba: CRV Editoa, 2013,pp.183-202

“VIVA A LIBERTÉ!”: cultura política popular, revolução e sentimento patriótico na independência do Grão-Pará, 1790-1824. 2008, pp 329, Dissertação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.

Na mira do Equador: o Império sob o cerco de repúblicas, in Cadernos de Estudos Sociais, Recife, v.25, n. 2, p. 195-218

Diplomacia transfronteriza en tiempos de revolución: el Alto Río Negro iberoamericano, 1815-1820, in Revista Ecuatoriana de História, Processos No. 41, jun. 2015.